Glossario

ATROFIA ÓSSEA: fenômeno da perda óssea vertical e transversal que ocorre após a perda dentária.

OSTEININTAÇÃO: fenômeno biológico de adesão óssea a um corpo estranho (como titânio ou zircônio) em condições de esterilidade e estabilidade absoluta ao osso.

PERÇÊNCIA: menbrana cobrindo o osso sob a camada de gengiva.

DESENVOLVIMENTO SUBTERESSO: implantologia que explora suporte ósseo abaixo do periósteo.

ENDOSSEO PLANT: implante dentário dental (cilíndrico ou cônico) inserido por perfuração vertical do osso.

ABUTAS DE IMPLANTE: pilares cilíndricos que conectam a prótese dentária ao implante subjacente

CBCT: Tomografia Computadorizada de feixe de cone: imagens 3D do osso realizadas por um dispositivo radiogênico com baixa emissão de radiação que também pode ser realizada em instalações ambulatoriais (gabinetes dentários)

MODELO 3D: modelo de resina construído por impressoras 3D, réplica exata do osso do paciente, obtido pelo exame CBCT

TITÂNIO: metal por excelência em implantologia, biotollável e sem reações alérgicas.

SINTERIZAÇÃO DO TITÂNIO: procedimento para o qual um raio laser de alta intensidade determina microfusões de pó de titânio (fusão a laser).

PARAFUSOS DE OSTEOSINÉTESIS: parafusos auto-roscantes de titânio usados em traumatologia para consertar fracturas ósseas.